Passado Vs. Presente


Resultado de imagem para amor próprio
 

Quando era mais nova sonhava em ser psicóloga infantil de profissão, pois além de adorar (e, adoro) crianças, muitas pessoas (amigos, família e até alguns amigos virtuais) dirigiam-se a mim para pedir conselhos. Diziam também que era boa ouvinte. E, de uma coisa tenho a certeza: O que contam-me ou contaram-me a mim, só para mim ficou (e, ficará). Não sou a melhor ouvinte quando sou eu que preciso de consolo, pois sou muito "dona da razão"! Só "eu" tenho razão. E, aquilo em que penso e acredito está correto, mesmo quando o caminho que está certo, nem sempre está. Nem sempre o caminho que está certo é o que a mente e o consciente nos diz para seguir, é o que o coração deseja! Muitas vezes, o nosso passado tem culpa no cartório! Temos a experiência e a lição por mais aprendida e estudada que esteja parece sempre a primeira vez quando chega à hora do aperto e do sofrimento. Mas, ao mesmo tempo, os Humanos cansam-se de viver, cansam-se de tentarem ser felizes, e, dar oportunidade ao Presente para seguirem o seu rumo com mais luz e cor aos seus dias. Também verdade seja dita: Nem tudo é um mar de rosas! E só na hora da dificuldade vemos quem realmente gosta ou gostou de nós. E a sério. Costumava sonhar que o Amor poderia ser vivido numa cabana, de preferência à beira-rio (Já era o suficiente), e, o resto havia de cair do céu para se viver. Mas não podemos ser hipócritas. Quem realmente não sonha em ter alguém a seu lado nas horas de maior sufoco, nunca amou nem nunca se sentiu amado. Ou então... Pode-se ter esquecido desse gesto. E se foi esquecido... E não foi recuperado por nós próprios, muito dificilmente podemos amar alguém sem amarmos a nós mesmo! O Amor tem de ser criado e sempre alimentado, para que possa crescer, para cada vez ser maior! E o maior trunfo de cada um de nós é por vezes, ouvir a nossa alma e instinto daquilo em que acreditamos. Ter confiança e respeito em nós são outros pontos que devemos ter em consideração.

Resultado da imagem para o amor próprio
 

Acha que é feliz? Sabe o que é ser feliz? Já algum dia pensou em... Felicidade? Algum dia pensou em deixar para trás o que te magoou tanto um dia? E pensou que tudo na vida tem um prazo de validade? Já pensou se quer envelhecer sozinha ou com alguém que ame você a seu lado? Ou com filhinhos e netinhos a correr-lhe pela casa toda ou adormecer apenas a pensar... na comida que tem para dar ao gato? Já pensou em sair à rua, e, até chegar ao seu local de trabalho dar um Bom Dia a todo o mundo mesmo estando mal por dentro? Tudo questões retóricas, não é? E agora uma última: Você considera-se conhecido ou conhecendo? Ou seja, Conhece-se a si próprio a 100% e sabe quais são os seus limites de toda a situação a que a vida nos obriga? Ou apenas... Ouve-se?

P.s. As imagens ilustrativas não são da minha autoria

Comentários

  1. "O Amor tem de ser criado e sempre alimentado, para que possa crescer, para cada vez ser maior!"
    Amei o seu relato, de uma sensibilidade maravilhosa. Ainda ontem estava conversando e aconselhando uma amiga minha a esse respeito. Eu disse a ela que o amor por si só não é o suficiente, é uma construção que depende de uma boa base e paredes fortes e firmes, que sempre vão precisar de reparos.
    Parabéns pelo texto e pela mensagem passada! 😉
    Tenho um blog de crônicas, contos e poesias. Se quiser, dá uma passadinha lá: http://caradoespelho.blogspot.com/2016/08/apenas-estou-cronica.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Diogo! Peço desculpa só agora de conseguir ler a sua mensagem! São mensagens como esta, que diariamente chega até mim, e que faz-me querer cada vez mais passar mensagens/lições de vida para o futuro e que haja sempre uma boa partilha de boas práticas! "O amor por si só não é o suficiente, é uma construção que depende de uma boa base e paredes fortes e firmes, que sempre vão precisar de reparos." Gostei imenso da sua frase que tive que a reescrever novamente, mas não tirando-lhe o mérito. Quanto ao seu blogue... Com certeza que o seguirei :)
      Obrigado! :)

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Hoje meu, amanhã teu!

Crónica: Pede-me o Que Quiseres Agora e Sempre de Megan Maxwell | 2 Volume da Saga

Crónica: Pede-me o Que Quiseres ou Deixa-me de Megan Maxwell | 3 Volume da Saga